Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

31 de out de 2015

“A cigarra e a formiga – O musical” O Musical’ reestreia no Centro Cultural João Nogueira, no Méier, no dia 07 de novembro e segue em cartaz até 22 de novembro. Sessões aos sábados, domingos e feriados, às 16h.


Clássico inspirado em musicais da Broadway em curta temporada no Imperator

Após 4 meses de temporada na Rede SESC, o espetáculo ‘A cigarra e a formiga - O Musical’ reestreia no Centro Cultural João Nogueira, no Méier, no dia 07 de novembro e segue em cartaz até 22 de novembro. Sessões aos sábados, domingos e feriados, às 16h.

Inspirado na fábula de La Fontaine, a versão musical do clássico infantil adaptada e dirigida por Allan Ragazzy, ganha novos personagens e músicas originais. Dona Formigana (Twigg), que vive para o trabalho e os filhos: Formigalha (Aléxia Pires) e Formiguel (Hugo Faro), mora em um formigueiro administrados por um Zangão (Paulo Eduardo Campos) e assegurados por um grilo (Cosme Motta Jr). Um dia, o formigueiro recebe uma inesperada visita que torna o local uma verdadeira confusão. Uma Cigarra cantora (Sabrina Coelho), vinda da cidade, chega de surpresa para passar alguns dias na região. 

Incomodada com a preguiça da cigarra, que só pensa em cantar, Dona Formigana, diz a ela que se não colocar a mão na massa passará fome e frio no inverno.  O frio chega, com direito a neve cenográfica caindo sobre o palco, e a Cigarra, desamparada, pede abrigo para a formiga. Após muita resistência, a dona do formigueiro decide abrigar a Cigarra, desde que ela anime e aqueça os outros hóspedes com sua bela voz.

Os arranjos musicais trazem a influência das canções africanas, criando o clima perfeito para o ambiente da peça. Há também jazz, R&B e funk para os números musicais, acompanhados de grandiosos arranjos vocais.

Serviço:

Temporada: 07/11/15 a 22/11/15
Dias da semana: sábados e domingos
Horário: Sábados, domingos e feriados às 16h
Local: Imperator - Centro Cultural João Nogueira
Endereço: Rua Dias da Cruz, 170.
Bilheteria: Segunda a sexta de 13h às 22h e sábados domingos de 10h as 22h.
Telefone: (21) 2597-3897
Capacidade: 642 lugares
Valor: R$ 30,00 (Inteira) R$ 15,00 (meia entrada para estudantes e idosos).
Classificação etária: Livre
Vendas antecipadas pelo site: www.ingresso.com
Telefone/Whatsapp para informações: (21) 97440-8907
Duração: 60 minutos

Elenco:
Twigg – Formigana
Sabrina Coelho – Cigarra
Aléxia Pires – Formigalha
Hugo Faro – Formiguel
Paulo Eduardo Campos – Zangão
Cosme Motta Jr. - Grilúcio
Stand in: 
Wendel Mendes
André Amorim
Renatha Bottelho
Tainá Puentes 

Ficha Técnica:

Texto, Direção e Canções Originais – Allan Ragazzy
Assistente de Direção – Leandro Bispo 
Direção e Produção Musical – Denis Goursand
Coreografia – Pablo Ventura
Cenário – Mario Pereira
Adereços – Márcio Menta
Figurino – Paulo Kandura
Iluminação – Allan Ragazzy 
Caracterização - Susana Cardoso 
Arranjos Instrumentais – Denis Goursand e Nélio Jr.
Fotografia – Helmut Hossmann
Produtor Associado – Allan Ragazzy  
Direção de Produção – Deise Reis e Leandro Bispo
Assessoria de imprensa – Lyvia Rodrigues (agência Aquela que divulga)

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj 

  Instagram

30 de out de 2015

Espetáculo Azul em cartaz no Teatro Arthur Azevedo em Campo Grande

O primeiro ato de “Azul!” é uma cômica
explanação dada por dois personagens: Gaia – o
Espírito da Terra – e o Homem. A proposta é que o espectador se
sinta “azul” e reflita que somos todos iguais. Nesse momento, as personagens revisitam, com muito
humor, a história da humanidade, desde a
descoberta do fogo até a chegada do homem à
Lua, passando pela Santa Inquisição, a invenção
do telescópio, as grandes navegações, a
colonização das Américas, a invenção do avião e as guerras mundiais.
O segundo ato é cheio de suspense e mistério: na primeira cena encontramos o Policial
Marinho observando um cadáver no chão, sem cor – lembrando que nesse momento “todos
somos azuis". A partir daí, a peça se torna um suspense policial, em que o detetive Bleu e o
policial Marinho tentam descobrir a
identidade do morto e a causa de sua
morte. 
Outra personagem emblemática emblemática é o Deputado
Tiner. Seu dircurso é recheado de preconceitos e
distorções dissimuladas da Bíublia Azul (ele é também um pastor). Detetive Bleu descobre que o cadáver era membro da igreja

do deputado. E partir daí a trama vai se desenrolando e surpreendendo a cada instante.




Serviço:

Datas: 05, 12, 19 e 26 de novembro de 2015
Horas: 20h
Valor: R$ 15,00 (inteira)
Local: 
Teatro Arthur Azevedo
R. Vítor Alves, 454 - Campo Grande, Rio de Janeiro - RJ, 23080-180. Telefone:(21) 2332-7516

FICHA TÉCNICA
Texto: Jacob El-mokdisi
Direção: Suellen Casticini
Preparação Corporal: Caroline Ozório
Figurino: Bidi Bujnowski
Iluminação: Suellen Casticini
Sonoplastia: Caroline Ozório
Elenco: Bruna Guimarães, Danilo Avilez, Heiner Miranda, Igor Benhuy, Thamiris Moreira.
Co-realização: Escola de Comunicação/UFRJ

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

O Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) preparou uma programação especial para a XXIII Semana de Astronomia (SEMA) que acontece de 03 a 08 de novembro no Bairro Imperial de São Cristóvão

A Luz que vem do Cosmos é o tema da Semana de Astronomia do MAST Durante os seis dias de evento, o Museu de Astronomia oferece várias atividades gratuitas de divulgação da ciência para todos os públicos e todas as idades.

O Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) preparou uma programação especial
para a XXIII Semana de Astronomia (SEMA) que acontece de 03 a 08 de novembro no
Bairro Imperial de São Cristóvão. Haverá observação telescópica noturna do céu;
observação do Sol; visitas orientadas pelo campus do MAST; sessões de planetário;
oficina de Espectroscopia; demonstração sobre a Teoria da Relatividade Geral; e
palestra sobre a natureza da luz nas observações astronômicas.
Com o tema “A Luz que vem do Cosmos”, a Semana de Astronomia oferece, aos
visitantes do MAST, atividades que visam explicar como a luz é usada para estudar o
universo, aumentar a conscientização humana para o problema da poluição luminosa e
celebrar o centenário da publicação da Teoria Geral da Relatividade Geral de Einstein.
Durante a semana, de terça a sexta-feira, o público escolar tem a oportunidade de
conhecer o maior conjunto arquitetônico do Brasil na área de astronomia. Durante a
visita pelos 40 mil m² do campus, um mediador revela a história dos grandes
instrumentos instalados no MAST e ensina sobre o desenvolvimento da astronomia no
Brasil. Em dias chuvosos, a atividade é substituída por uma visita mediada à exposição
“As Estações do ano, a Terra em movimento”.
O Programa de Observação do Céu (POC), que acontece na quarta-feira (04) e no
sábado (07), tem início a partir das 18h30 com a palestra Céu do Mês, onde o público
fica sabendo o que pode ser observado no céu e um pouco sobre o problema da
poluição luminosa nas cidades. No sábado, haverá a participação do Grupo de
Astronomia do Espaço Ciência Viva, NGC-51.
Nesta semana, estão visíveis no céu do Rio de Janeiro, o planeta Saturno e
aglomerados de estrelas como o da Borboleta (M6) e de Ptolomeu (M7). Será possível
observar também a passagem de satélites artificiais e identificar algumas constelações.
No POC, são utilizados diversos equipamentos, como: a centenária Luneta Equatorial
Heyde de 21 cm e um telescópio refletor Celestron de 8 polegadas de abertura.
De terça a domingo, haverá observação do Sol. 

O MAST possui telescópios e filtros
para a observação do Sol de forma segura. Nele vemos o Sol com um aspecto
alaranjado e podemos observar as manchas solares, observadas pela primeira vez com
uma luneta por Galileu Galilei, no século XVI. Estas manchas são regiões do Sol mais
frias que aquelas de seu entorno.
No fim de semana, haverá sessões do Planetário Inflável Digital. Em uma cúpula, são
projetadas imagens do céu noturno onde o espectador poderá observar e entender os
movimentos dos planetas e o movimento aparente das estrelas. As sessões são
conduzidas por um mediador do MAST. Faça chuva ou faça sol, no interior do
planetário o céu está sempre limpo.
Apesar de ser impossível viajar até as estrelas, os astrônomos podem estudar a sua luz
e obter valiosas informações. Na oficina “Qual a cor da luz?”, será apresentada a
técnica que revolucionou a astronomia: a espectroscopia. O público ainda aprenderá a
fazer um modelo de um espectroscópio, um instrumento capaz de separar a luz em
suas diferentes cores. Logo após, haverá uma visita no “Espaço Espectroscopia” que
mostra os aspectos históricos dessa técnica através dos vários instrumentos que fazem
parte da coleção do MAST. A atividade acontece no sábado (07) às 16h.
Na palestra “Da luz à luz: A natureza da luz através das observações astronômicas”, o
palestrante Dr. Ulisses Barres de Almeida (CBPF) irá falar sobre a astrofísica moderna
que tem nos levado aos extremos do Cosmos, a ambientes onde testemunhamos
processos que estão muito além de nossa experiência quotidiana. Falará também de
observações e experimentos astrofísicos que nos permitem indagar sobre a própria
natureza da luz. A palestra acontece no sábado (07), às 17h.
Com a observação do fenômeno de lentes gravitacionais durante o eclipse solar em 29
de maio de 1919, foi possível a confirmação da Teoria da Relatividade Geral de Albert
Einstein, proposta em 1915. Na oficina “Lentes Gravitacionais são Legais!”, que
acontece no domingo (08), às 16h, será celebrado o centenário da descoberta de
Einstein com uma palestra introdutória sobre o tema e o público vai aprender a dobrar
um feixe de luz usando um aparato que simula uma lente gravitacional.
As atividades da XXIII Semana de Astronomia darão continuidade às comemorações do
Ano Internacional da Luz 2015 (AIL2015) no Brasil - iniciativa que busca ressaltar a
todos a importância da luz e das tecnologias ópticas em suas vidas, para seu futuro e
desenvolvimento da sociedade. A Semana, que foi organizada pela Coordenação de
Educação em Ciências (CED) do MAST, está cadastrada como evento oficial do AIL2015.
A Semana de Astronomia do MAST
A Semana de Astronomia do MAST é um evento anual de popularização da ciência que
teve sua primeira edição em 1993 com o objetivo de discutir temas básicos de
astronomia e apresentar as mais recentes descobertas na área, bem como explorar as
diferentes formas de divulgação científica nesse campo, aproximando a ciência de
cidadãos. Em todas as suas edições, procurou dirigir suas atividades a um público
amplo composto por crianças, jovens e adultos.
As Semanas de Astronomia se estruturam em torno das seguintes atividades:
palestras, oficinas, dirigidas ou para o público jovem e adulto, ou para o público
infantil, observação do céu e, eventualmente, projeções de filmes e vídeos, e minicursos.
Desde 2002, o evento passou a ser temático, direcionando a maioria de suas
oficinas e palestras a um tópico escolhido pelos membros da coordenação de
educação em ciências. Alguns dos temas já desenvolvidos foram: A Astronomia na
Obra de Monteiro Lobato (2002), Astronomia e Arte (2005), Vida no Universo (2007),
Química na Astronomia (2011), Um Grande Salto para a Humanidade (2014).

SERVIÇO
Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST)
Rua General Bruce, 586, Bairro Imperial de São Cristóvão – Rio de Janeiro (RJ)
(21) 3514-5200
www.mast.br
https://www.facebook.com/museuastronomia

Programação do MAST.
Programação da XXIII Semana de Astronomia do MAST
Terça a Sexta-feira, 03 a 06 de novembro
09h30 às 12h | das 14h às 17h
Observação do Sol
Local: Em frente ao prédio do MAST
09h30 e 14h
Visitas orientadas pelo campus do MAST (Atividade direcionada a grupos escolares)
Local: Em frente ao prédio sede
Quarta-feira, 04 de novembro
18h30 às 21h
Programa de Observação do Céu
Locais: Auditório do Prédio Sede e Pavilhão das Lunetas
Sábado, 07 de novembro
14h às 17h
Observação do Sol
Local: Em frente ao prédio do MAST
16h
Oficina | Qual é a cor da luz?
Local: Sala de Atividades do Prédio Sede e Espaço Espectroscopia
17h
Palestra | Da luz à luz: A natureza da luz através das observações astronômicas.
Palestrante: Dr. Ulisses Barres de Almeida (CBPF)
Local: Auditório do Prédio Sede
18h30 às 21h
Programa de Observação do Céu
Locais: Auditório do Prédio Sede e Pavilhão das Lunetas
Domingo, 08 de novembro
14h às 17h
Observação do Sol
Local: Em frente ao prédio do MAST
16h
Oficina | Lentes Gravitacionais são Legais!
Local: Auditório do Prédio Sede

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com
#agendaculturalrj

  Instagram

Espetáculo ''Cidade Correria'' - As contradições e belezas da cidade são retratadas em peça com elenco formado por atores da periferia Estreia no dia 30 de outubro às 20h na Arena Carioca Dicró, na Penha, o espetáculo Cidade Correria, resultado de dois anos de residência artística realizada no mesmo local pelo Grupo Teatro da Laje e pelo Coletivo Bonobando ­ Bando de Artistas Autônomos.

Primeiro grupo residente em uma arena carioca no Rio de Janeiro estreia espetáculo Cidade Correria
As contradições e belezas da cidade são retratadas em peça com elenco formado por atores da periferia
Estreia no dia 30 de outubro às 20h na Arena Carioca Dicró, na Penha, o espetáculo Cidade Correria, resultado de dois anos de residência artística realizada no mesmo local pelo Grupo Teatro da Laje e pelo Coletivo Bonobando ­ Bando de Artistas Autônomos. 

Contando a história de um grupo de atores que invade um teatro para viver histórias de uma cidade inventada chamada Correria o público é levado a conhecer a cidade caos, cidade contradição, cidade maravilhosa, cidade impedida, cidade carnaval, cidade invenção, cidade revolução, participando ativamente do espetáculo em diversos momentos.
Resultado de uma história que teve início há 17 anos na Vila Cruzeiro com a introdução da disciplina de Artes Cênicas, lecionada por Veríssimo Junior, numa escola pública da comunidade e a criação do Grupo Teatro da Laje, que há 13 anos vem oferecendo à cidade uma estética e uma forma de produção teatral baseadas numa ligação orgânica e afetiva com o território, o Coletivo Bonobando nasce então em 2014 reunindo artistas de diversos lugares da cidade.
A peça nasce do primeiro projeto de ocupação artística das quatro arenas da prefeitura, uma parceria do Grupo Teatro da Laje e o Observatório de Favelas, viabilizado através do Edital de Fomento da Secretaria Municipal de Cultura. “Cidade Correria” realizará circulação pelas quatro arenas cariocas e o Galpão Bela Maré entre outubro e dezembro, em uma reunião de diferentes alegorias sobre o tema cidade, sob o ponto de vista de jovens periféricos.
Serviço ­ CIDADE CORRERIA
Arena Carioca Dicró
30, 31/10 e 01/11 (sexta e sábado às 20h e domingo às 19h)
Avenida Braz de Pina, s/n ­ Parque Ary Barroso ­ Penha (Entrada pela Rua Flora Lobo)
Telefone: 3486­7643
Arena Carioca Fernando Torres
04 e 05/11 (quarta e quinta às 15h)
Rua Bernardino de Andrade, 200 ­ Parque de Madureira/Madureira
Telefone: 3495­3078
__________X_______

Arena Carioca Jovelina Pérola Negra

14 e 15/11 (sábado às 19h e domingo às 18h)

Praça Ênio, s/n - Pavuna

Telefone: 2886-3889

________X__________

Galpão Bela Maré

28/11 (Sábado às 19h)

Rua Bittencourt Sampaio 169, Maré

Telefone: (21) 3105-1148

__________X_________

Arena Carioca Chacrinha

03 e 04/12 (quinta e sexta às 19h)

Rua Soldado Elizeu Hipólito, s/n - Guaratiba (Esquina com Avenida Litorânea)

Telefone: 3404-7980

__________X_________

Arena Carioca Dicró 

10 e 11/12 (quinta e sexta às 20h)

Avenida Braz de Pina, s/n - Parque Ary Barroso - Penha (Entrada pela Rua

Telefone: 3486-7643

Entrada: Gratuita

Classificação: 12 anos

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj


  Instagram

Espetáculo FACÍNORA no Espaço Cultural Sérgio Porto de 09 de novembro a 15 de dezembro sempre às 21 horas.

Completando 20 anos de estrada, a Cia.2 de teatro volta em cartaz  com o espetáculo FACÍNORA no Espaço Cultural Sérgio Porto.

 O Espetáculo FACÍNORA, depois de passar por palcos cariocas e mineiros, faz temporada de 09 de novembro a 15 de dezembro sempre às 21 horas. 
“Facínora”, um espetáculo cruel, denso, ousado, provocador, que faz uma crítica dilacerante ao comportamento humano  e  expõe a platéia a todas as possibilidades físicas, verbais e mentais de preconceito e intolerância que somos capazes. Mistura dramaturgia, realismo fantástico e dança contemporânea. Estereotipados por um casal sombrio –ela (Bruno Caldeira), a mulher, sem limites para a crueldade; ele(Gustavo Rizzotti), seu marido, mudo, misterioso, e por vezes, histriônico, cáustico e patético –, o espetáculo funciona como um alerta, uma bandeira ao avesso! Pois escarna a platéia ao que há de menos no mundo: nós.
  O espetáculo estreou no Teatro Marília em Belo Horizonte, a convite do VAC (Verão de Arte Contemporânea), evento importante no quadro cultural de MG. No Rio, estreou na Sala Rogério Cardoso da Casa de Cultura Laura Alvim em 2011, passando pelos palcos do Galeria Café, do SESC Casa da Gávea, e abriu o Iº FIT RIO – Festival Internacional de Teatro de Palco & Rua do Rio de Janeiro em 2014 no CCBB; além de ter sido palco no SESC PALADIUM (também em Belo Horizonte) durante uma mostra que a companhia fez na cidade juntamente com a apresentação do premiado espetáculo ZIGG & ZOGG e demais oficinas.
FACÍNORA possui cinco indicações no I FESTIVAL INTERNACIONAL DE WEBSÉRIES do Brasil, que acontecerá a premiação no Rio de Janeiro, dia 08 de novembro.
A Cia.2 de teatro acumula 11 espetáculos ao longo desses 20 anos de estrada e já participou de Festivais na Rússia, Bulgária, Tunísia (2x), Turquia, Peru, Equador, Argentina (2x), México, Colômbia, Venezuela,além de festivais pelo Sul e Sudeste do Brasil.


A companhia foi premiada três vezes pelo Edital de passagens aéreas do MINC(Ministério da Cultura) para participar de Festivais no Perú, Venezuela e Colômbia, além dos prêmios no I PRIMEIRO PROGRAMA DE FOMENTO A CULTURA da Secretaria Municipal de Cultura com o projeto ZIGG & ZOGG para circulação nas Arenas e Lonas Culturais da SMC e o projeto I FIT RIO-Festival Internacional de Teatro de Palco & Rua do Rio, que acontecerá a segunda edição em junho de 2016.
SINOPSE: um espetáculo tragicômico, provocador, que faz uma crítica dilacerante ao comportamento humano  e  expõe a platéia a todas as possibilidades físicas, verbais e mentais de preconceito e intolerância humana.

Serviços:
Direção: Bruno Caldeira e Gustavo Rizzotti
Elenco:Bruno Caldeira e Gustavo Rizzotti
Texto, cenários, figurinos e trilha sonora: Bruno Caldeira
Iluminação:Gustavo Rizzotti  
Teatro: Espaço Cultural Sérgio Porto
Rua Humaita, 163 
Horário: 21horas
Temporada: 09,10,23,24 e  de novembro a 15 de dezembro
Obs: Quanto as apresentações dos dias 16 e 17 de novembro, as mesmas já estão comprometidas com o outro espetáculo Ibsen Venusianas com a presença da rainha da Noruega. 
Ingresso: R$40,00
Classificação: 18 anos
Telefone:25353927
Classe artística: 50% de desconto
Todo carioca que apresentar uma conta paga meia.
Contatos com Frederico Magella
fredericomagella@yahoo.com.br
21-983764930
21-22950184
Wathsap-21-999722884
Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

ESPETÁCULO ''COMO SE LIVRAR DE UM CORPO'' Teatro João Theotonio - Dias: 12 e 13 de novembro(quinta e sexta) ás 19:30.


Ambientada nos anos 70. Privilegiando a ideia central do texto do autor e liberdade aos atores e tempo em ensaios. O processo adotado pelo diretor Carlos Estupiã; A analise ativa, desenvolve com a dramaturgia e o ensaio dramático desenhando as ideias livres. Onde a sutileza na trama é buscada livremente pela interpretação dos atores. Onde tempo, pausas, ações e reações, movimentações paralelas, conduzem o desenvolver da história. Cenário, iluminação, figurino pertencem ao bojo que envolve a montagem. Linguagem: Metalinguagem, Absurdo e Dadaísmo. 



Cenário Palco: Cenário único. Sala de um apartamento de classe média baixa
Sinopse: A história de uma família que se encontra envolvida em um mistério quando um homem desconhecido aparece morto no sofá da sala. As confusões são intensificadas, sempre que depois de um tempo sozinho o corpo aparece em posições ou lugares diferentes, e ninguém sabe quem o moveu ou até mesmo quem o matou. Pior do que ter um corpo dentro de casa, só mesmo dois... Situações hilárias e misteriosas nesta trama com um final inesperado. Mistério, Humor e Balbúrdia.


Elenco
Samanta Oliveira, Iuri Albuquerque, Thiago Miranda, Leo de Freitas, Everton Rodrigues, Daniel Moojen. Participação Ricardo Baggio

Ficha Técnica
Dramaturgia:  Aziz Bajur
Direção e cenografia: Carlos Estupiã
Mapa de luz e iluminação: Vanessa Portela
Contrarregra: Pedro Marquez
Operador de áudio: Val   
Programação Visual:      Agni Shakti
Assessoria de Imprensa:  Oka Produtora Cultural Carioca
Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj 
Fotos:   Pedro Gomes
Produção:    Agni Shakti
Realização :   Cia Acoplados/Oka Produtora Cultural Carioca
Teatro João Theotonio
Rua da Assembleia,10 - Centro - RJ
Dia: 12 e 13 de novembro(quinta e sexta)
Horário: 19:30 h
Duração: 90 minutos
Ingressos: 
Na bilheteria
http://www.compreingressos.com
Compre pelo telefone de segunda a domingo das 9h às 21h
(21) 3005-2701
Inteira R$ 30,00, Meia R$ 15,00
Classificação: Não aconselhável menores de 16 anos sem o responsável
Tel Teatro: 21-3543-6443 
Informações produção: 21- 976834383



FLOR DA MEMÓRIA "Espetáculo musical e brincante para crianças de todas as idades." "Uma história de amor e encantamento." "Qual é a maior memória do seu corpo?"

Na Ilha do sol, terra seca e salgada pela maldição da Baronesa, Mariquinha e Ricardo apaixonam-se e juntos empreendem jornada para libertar sua terra e seu povo.

Única apresentação: 31/10
Sábado, às 16h
Entrada Franca

Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo
Rua Monte Alegre, 306 - Santa Teresa
+55 21 2215-0618
Duração: 40 minutos.
Classificação: livre

Mais sobre a história:
O texto assinado pelas atrizes e contadoras de história Flávia Marina e Renata Andrade é inspirado no canto de cacuriá Mariquinha. A linguagem escolhida para contar essa história é a narrativa dramatizada permeada por cantos populares e ritmos brasileiros.

Ficha Técnica
Direção: Cecília Terrana 
Texto e Atuação: Flávia Marina e Renata Andrade 
Músicas: Cantigas Populares e Canções Autorais
Preparação Vocal: Bethi Albano
Arranjos: Hernán Figueroa
Iluminação: Caique Mahé
Concepção Visual: Cecília Terrana, Flávia Marina e Renata Andrade
Cenotécnica: Leandro Sousa e Vera Andrade
Fotografia: Cris Ribeiro, André Severo e Julia Gimenez
Designer: Cássio Diniz 
Produção: Escambo, Projeto de Artes Integradas

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj


  Instagram

Exposição ''TRANS" – Victor Arruda na Artur Fidalgo galeria em Copacabana (de 11/11 até 11/12/2015)

Na exposição “TRANS”, individual de Victor Arruda na Artur Fidalgo galeria, serão mostradas 11 pinturas recentes (2014/2015), medindo entre 160 x 130 e 170 x 270 cm. Victor Arruda retrabalha algumas das imagens mais recorrentes em sua produção desde a década de 70, motivado por seu interesse pela psicanálise. 
Segundo o artista: “Escolhi o título "TRANS" porque tem tudo a ver com minha ATITUDE e com palavras e/ou CONCEITOS que muito me interessam no momento: TRANSVALORAÇÃO, TRANSVIAR. TRANSVERSAL, TRANSPOR, TRANSPARÊNCIA, TRANSMISSÃO, e – last but not least – TRANSVANGUARDA & TRANSGÊNERO...”

O artista
Venho há algum tempo refletindo a respeito das imagens recorrentes em meu trabalho. Objetos, (revólver, chave, buraco de fechadura, cigarro, faca, sapatos, maços de dinheiro, etc) partes de corpos que surgem, muitas vezes desconectados, decepados (olho, seio, pênis, cabeça, mão, braço, o coração "anatômico"...), situações envolvendo sexo e abuso de poder financeiro (como nas pinturas "Salário Mais Justo", "Dr. Jorginho", "As Vítimas (que se fodam)" ou atitudes hipócritas (tanto nas questões pessoais "O Anjo de Irajá", "O homófobo Ingênuo", como sociais " Cena Carioca"). Sem falar dos "abismos", série em que as repetições reafirmam o sentido das obras.
Tenho pensado muito a respeito de como e por que razão volto aos mesmos signos, às mesmas cenas, situações... Seriam fixações neurótica e/ou tentativas - inconscientes - de escapar delas?   Há uma teoria - freudiana - sobre sonhos recorrentes em pessoas que sofreram grandes traumas. Talvez algo semelhante ocorra na arte (pelo menos no caso de alguns artistas, como eu...). Mesmo que em situações muito menos graves - mas sérias o suficiente para causar perturbações.
Sou um artista contemporâneo e minha produção está ligada não apenas ao conhecimento da história da arte, que é o meu principal interesse intelectual, mas também à psicanálise.  
Faço análise psicanalítica há muitos, muitos anos, e também leio bastante a respeito. Tenho assistido, como ouvinte, a muitos cursos e palestras, e alguns psicanalistas têm escrito textos sobre minhas pinturas, etc.  
Essa PERMEABILIDADE tem sido importante e fértil para mim, e é nela que me apoio para aprofundar minha curiosidade a respeito das repetições obsessivas que percebo em meu trabalho.
É por acreditar profundamente que esse constante retorno tem influenciado no meu processo de amadurecimento e de transformação que resolvi criar esta nova série de pinturas, onde as imagens se repetem, mais uma e outra vez, iguais ou como se vistas em seu próprio espelho. No meu próprio espelho (de Alice, obviamente). E, espero, se reflitam no espelho próprio de cada um que as olhe.

Apoio:
Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Serviço:
Abertura: 11 de novembro, 19h
Exposição: 11 de novembro a 11 de dezembro.
Funcionamento: De segunda-feira a sexta-feira, 10-19h 
Artur Fidalgo Galeria: 
Rua Siqueira Campos 143, loja 1 – 2° piso, Copacabana, Rio de Janeiro
Estacionamento: Rua Figueiredo de Magalhães, 598.

9º Festival de Truta de Nova Friburgo acontece de 30 de outubro a 29 de novembro Uma das delícias da serra fluminense é a protagonista de um evento gastronômico


O tradicional Festival de Truta de Nova Friburgo chega a sua nona edição, de 30 de outubro a 29 de novembro, e quem aprecia uma boa gastronomia não deve perder. São 36 estabelecimentos, entre restaurantes, meios de hospedagem, lojas e casa noturna, que estão preparados para atender clientes que querem se deliciar com o sabor que só a truta pode proporcionar.

Realizado pelo Nova Friburgo Região Convention & Visitors Bureau e SEBRAE, o Festival tem como um dos objetivos destacar toda a rica gastronomia que a espécie de peixe, característica de águas limpas e frias da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, encontra em um ambiente mais do que favorável para a sua criação.

Segundo dados do Escritório Regional Serrana - FIPERJ/Nova Friburgo, o município é responsável pela maior produção da espécie no Estado do Rio de Janeiro, produzindo 3 toneladas de trutas por mês, ou seja, 36 toneladas por ano, respondendo por mais de 70% da produção do estado.

Programação

Durante o Festival, os interessados poderão visitar a criação de trutas, bastando agendar pelo telefone do Arco Íris Truta: (22)2543-3666; e um caminhão da FIPERJ - Fundação Instituto de Pesca do Rio de Janeiro -, no centro da cidade, com venda de truta à população a preços de produtor.

Também serão oferecidas oficinas gratuitas de Gastronomia pelo Projeto Mãos na Massa, com o tema Truta, ministradas pelos chefs dos restaurantes participantes. As oficinas acontecerão todos aos sábados (31/10; 7, 14, 21 e 28/11), no Mercado Central, na Vila Amélia.

A Exposição "Tem Truta na Arte", com o grupo Artistas Visuais de Nova Friburgo, poderá ser visitada no Teatro Municipal Laércio Rangel Ventura (Praça do Suspiro) de 5 a 28/11, de terça-feira a sábado, das 10h às 17h, sendo que no dia 5, às 15h, será a abertura para arquitetos e decoradores, e das 18h às 21h aberta ao público.

Alimentação saudável

Além de consumida nos próprios restaurantes da cidade e região, onde chefs de cuisine desenvolvem novas receitas de dar água na boca, a truta é perfeita para o cardápio de quem busca uma alimentação mais saudável, de baixa caloria. E quem experimenta, jamais deixa de consumi-la, pois além de saborosa, é uma das melhores fontes de ômega-3 e de vitaminas do complexo B (B1, B3, B5 e B6), bem como de potássio e fósforo. É ainda um dos peixes com mais vitamina D, essencial para a saúde dos ossos e do sistema imunológico.

A truta de Nova Friburgo também pode ser encontrada em delicatessens e mercados, devidamente embaladas e resfriadas para quem quer consumir em sua casa. Os produtos são certificados com o selo de qualidade da FIPERJ, que apoia a Associação de Truticultores de Nova Friburgo, um braço da ABRAT – Associação Brasileira e Truticultores na cidade.

Truta

A truta é uma espécie de peixe originária da zona ocidental da América do Norte e foi introduzida na Europa em finais do século XIX. Já no Brasil, foi introduzida em 1940, principalmente nos rios dos planaltos das regiões Sudeste e Sul.

A Truta desova no Outono-Inverno, em busca de zonas de postura em ribeiras de água com correntes fortes e fundos de cascalho ou locais de águas pouco profundas, frias e bem oxigenadas. A fêmea escava o ninho no cascalho com ondulações do corpo e o macho fertiliza os ovos (cerca de 10.000) que a fêmea liberta. Estes se desenvolvem no interior do cascalho e as pequenas trutas emergem cerca de três meses depois.

Segundo o biólogo marinho Augusto Pereira, diretor de Pesquisa e Produção da Fiperj, dois aspectos necessários para o desenvolvimento do peixe são a alta taxa de oxigênio dissolvido na água (mais de 6mg/ml, particularidade de rios da nascente) e o clima com temperatura máxima de 18ºC, com a reprodução acontecendo entre 8ºC e 12ºC.

O 9º Festival de Truta de Nova Friburgo é uma realização do Nova Friburgo Região Convention & Visitors Bureau e SEBRAE, que conta com o patrocínio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca, FIPERJ - Fundação Instituto de Pesca do Rio de Janeiro, Unimed Nova Friburgo, Gazoni Planejados, ASBEN – Administradora de Benefícios, Habitare Hotel e Fri On Line Internet.

O evento conta com o apoio da ATNF – Associação dos Truticultores de Nova Friburgo, Prefeitura Municipal de Nova Friburgo, Rota 116, APL da Serra (Arranjo Produtivo Local), ACIANF – Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo. A Rede InterTV é parceira de mídia do evento.

A relação completa dos participantes pode ser conferida no site www.festivaldetruta.com.br, assim como também é possível baixar um livro de receitas elaboradas pelos seus chefs e acessar os respectivos endereços e telefones.

SERVIÇO
9º Festival de Truta de Nova Friburgo
30 de outubro a 29 de novembro de 2015
Informações: (22) 2533-0059 / contato@novafriburgo.cvb.com.br.

Site - http://festivaldetruta.com.br
Facebook - https://www.facebook.com/FestivalDeTrutas7?fref=ts

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

A Companhia de Ballet da Cidade de Niterói (CBCN) faz curta temporada com o espetáculo “Sonho de uma Noite de Verão”, uma versão contemporânea de William Shakespeare produzida especialmente para jovens e crianças, nos dias 31/10 e 01,07,08/11, sempre às 11h da manhã, no Teatro Sesc Ginástico, no Centro do Rio.

Cia de Ballet de Niterói apresenta Shakespeare no Teatro Sesc Ginástico


O trabalho, com direção de Pedro Pires, une dança e literatura e tem a coreografia assinada pelo bailarino brasileiro Alex Sander dos Santos, que vive há mais de 11 anos em Paris e é especialista em balé para a crianças.

Serão 16 bailarinos no palco, vestidos com figurinos feitos de canetas, borrachas, lápis, entre outros materiais, que lembram o universo infantil. A história começa com um aluno, que ao adormecer em sala de aula, sonha estar no livro de William Shakespeare, interagindo com os personagens de “Sonho de uma noite de verão”, levando, inclusive, seus colegas de turma e a professora da vida real para a fantasia.


De acordo com Pedro Pires, a intenção da Companhia é de quebrar paradigmas, trazendo as crianças para o mundo da dança, através de uma apresentação com linguagem bem acessível.

“Queremos formar público infantil e para isso estamos investindo na ideia de acabar com esse estereotipo de que o balé é algo de difícil entendimento. Teremos uma linguagem atual, figurinos de fácil leitura e o melhor, vamos levar o cenário para o mundo escolar, onde as crianças têm maior empatia”, ressalta Pires.

Com classificação livre, o ingresso custará R$ 8 (inteira), R$ 4 (meia) e aos associados do Sesc, R$ 2.
  

Serviço:
SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO – Espetáculo da Cia de Ballet da Cidade de Niterói
Datas: 31/10 e 01, 07, 08/11 (sábados e domingos)
Horário: 11h
Local: Teatro Sesc Ginástico
Endereço: Av. Graça Aranha, 187, Centro- Rio de Janeiro
Ingresso: R$ 8 (inteira); R$ 4 (meia) e R$ 2 (associados do Sesc) 
Duração: 45min 
Classificação etária: Livre 
Informação: (21) 2279-4027 

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj 

  Instagram

28 de out de 2015

Exposição de Rosa Stalleikem chega à Ipanema Depois de Paris e Nova Iorque, a artista plástica fluminense, Rosa Stalleikem, inaugura a exposição “4 Artes”, em solo carioca, na Galeria Marly Faro, em Ipanema, com vernissage marcada para o dia 03 de novembro, às 19h.

 Neste trabalho, Rosa vai apresentar 10 telas que expressam a sua nova fase, intitulada pela própria como “vibração das cores”. As obras expostas terão como identidade o jogo das tonalidades, indo da nuance mais forte, como o vermelho, ao preto, considerado a coloração que representa a ausência completa de luz. Passando ainda, pelo cinza e branco, visto como o tom luz. Com curadoria de Marly Faro, a mostra fica em cartaz até 18 de novembro e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 19h, e aos sábados, das 9h às 13h, com entrada Franca.

De estilo artístico abstrato, Stalleikem tem 20 anos de carreira. É integrante da Associação Latino-Americana de Arte (ALA) e representada pela Saphira & Ventura Gallery, sediada em Nova Iorque. Recentemente (agosto e setembro/2015), expôs em São Paulo, na mostra de inauguração do Espaço Maison Baccarat e também participou das exposições “Diversité de L'art contemporain international”, na Galeria Artitude, em Paris, e “Vive la France...I love NY”, na Saphira & Ventura Gallery, em Nova Iorque.

As obras de Stalleikem fazem parte de acervos particulares em Londres, Los Angeles, Califórnia, Nova Iorque e Chile. Nascida em Niterói, região Metropolitana do Rio de Janeiro, a expositora é formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Em 1982, ingressou na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, onde estudou com os mestres João Magalhães e Chico Cunha.


Participante de várias mostras coletivas, a artista já expôs no Salão de Arte Brasileira-Carrossel du Lovre, no Museu do Louvre, em Paris-França; na Galeria New Century Artist Chelsea, em Nova York; na 3ª Fieira del Comuni (2002), em Milão-Itália; na Mostra Comemorativa 500 anos Brasil, em Lisboa-Portugal; no IX Salão de Artes Plásticas, em Conrad-Uruguai, entre outras. 

Serviço:

Rosa Stalleikem com a exposição “4 Artes”
Vernissage: 3 de novembro, domingo, às 19h
Visitação: De 3 a 18/11, de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 19h, e aos sábados, das 9h às 13h
Local: Galeria Marly Faro
Endereço: Rua Aníbal de Mendonça, 221, Ipanema, Rio de Janeiro
Informação: (21) 2259-9417
Classificação etária: livre
Entrada Franca
Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Luiz Lopez apresenta o show “Primal”dia 31 de outubro em Botafogo - Guitarrista do Erasmo Carlos movimenta o espaço Armazém 102 - Valor do show: R$20

Depois de se apresentar no primeiro festival Gigóia.Rock, realizado dia 10 de outubro na Ilha da Gigoia; no Puxadinho da Praça, em São Paulo e no Rock’n Rio, o cantor e guitarrista Luiz Lopez se apresenta em Botafogo. O próximo show está marcado para 31 de outubro e o local escolhido é a casa de shows Armazém 102. Lopez cantará na festa "Rock Me Baby", que também contará com a participação da banda Barba Ruiva e do DJ Dudu Oliveira.
Lopez, depois de ter gravado três álbuns com Erasmo Carlos e um com sua ex-banda, Filhos de Judith, segue divulgando o seu álbum “Primal”, que tem toda musicalidade dos anos 60 e é carregado de fortes influências - entre elas, Beatles e Raul Seixas.     
Em turnê com o Tremendão Erasmo Carlos há seis anos, já tocou com o Rei Roberto Carlos, Marisa Monte, Arnaldo Antunes, Marcelo Jeneci, Paula Toller, entre outros grandes artistas.

" ai, vai, vai nessa bicho, está selvagem,
cantou com raiva e ficou muito bom \0/ "        

Erasmo Carlos
"Lennon na veia, Vai!! Muito bom!"
Dado Villa-Lobos

 Música Filho Único: 


SERVIÇO
Luiz Lopez em "Primal"
Local: Festa "Rock Me Baby" - Armazém 102
Endereço: R. Arnaldo Quintela, 102 – Botafogo - Telefone: 3648-4491
Data: 31 de outubro
Horário: 19h
Valor: R$ 20
Classificação: 14 anos
Capacidade: 90 Lugares

FICHA TECNICA
Luiz Lopez: Guitarra/Teclados/Violão
Chris Bastos: Backing Vocals/Baixo
Alan Fontenele: Bateria

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 

agendaculturalrj@gmail.com 
#agendaculturalrj

  Instagram

MIAN abre exposição: Brasil Naif, uma viagem na alma brasileira - Uma boa notícia para os apreciadores das artes plásticas. Até dia 29/10 o Museu Internacional de Arte Naif (MIAN) apresenta a exposição Brasil Naif.

Uma Viagem Na Alma Brasileira, que traz de São Paulo 60 telas dos 50 artistas mais representativos da arte naif brasileira, tais como: José Antônio da Silva, Sílvia Charleo, Chico da Silva, José de Freitas, Rosina Becker do Valle e Iaponi Araújo. As obras fazem parte do acervo da galeria paulista Jacques Ardies e, pela primeira vez, são expostas no Rio de Janeiro, no MIAN.

A exposição é uma iniciativa de Jacques Ardies, franco-belga radicado no Brasil há 40 anos, proprietário da galeria que leva seu nome, e que há 35 vem se dedicando à arte naif. “O objetivo é dar aos cariocas a oportunidade de conhecer a arte e os artistas deste movimento das artes plásticas tão peculiar”, explica Ardies. Na abertura da mostra, ele lança seu novo livro Arte Naif no Brasil II.

Mundo melhor
Para Ardies, a importância destas obras ultrapassa as artes plásticas. “Estes artistas nos convidam para uma viagem pela sua alma. Cada um, imbuído de sua missão estética, traz a esperança de uma convivência mais harmoniosa de raças e crenças, convencidos de que sua arte está a serviço de um mundo melhor”, explica o galerista.

Segundo Jacqueline Finkelstein, diretora do MIAN, “é uma honra receber esta exposição. O MIAN acredita que, ao realizar esta exposição, estará somando forças na divulgação e valorização da arte naif brasileira”.

Exposição e história da arte Naif

A exposição segue a ordem cronológica do desenvolvimento da arte naif no Brasil. Inicia nos anos 1940, quando os primeiros artistas, como Silvia Chalreo e Chico da Silva, são acolhidos em salões oficiais. No começo dos anos 1960, descobre-se um grupo que desperta atenção pela excepcional capacidade de se expressar de forma diferenciada. “Destacam-se as obras de Elisa Martins da Silveira, José de Freitas, Rosina Becker do Valle e Ivonaldo Veloso de Melo, entre muitos outros”, diz Ardies.

O grupo dos artistas da atualidade é composto por 27 nomes. “Alguns são cariocas como Helena Coelho e Bebeth, outros são de São Paulo, como Rodolpho Tamanini Netto e Cristiano Sidoti, mineiros como Isabel de Jesus, Lucia Buccini e Maria Guadalupe”, acrescenta, o curador da mostra. “Do Sul, temos a gaúcha Mara Toledo e os catarinenses Doval e Sônia Furtado. Já a Bahia é representada pelo casal Waldomiro de Deus e Lourdes de Deus e pelo jovem Raimundo Bida”. Ardies lembra ainda a presença de duas artistas de origem polonesa, mas que se transformaram em brasileiras: Barbara Rochltiz e Magdalena Zawadzka.

Foto: Elisa Martis da Silveira  - A Banda

Serviço:
Arte Naif, Uma Viagem Na Alma Brasileira
Abertura: 29/10/2015, quinta feira, às 18h.
Até 24/01/2016.
Local: MIAN (Museu Internacional de Arte Naif)
Endereço: Rua Cosme Velho, 561, Cosme Velho - RJ
Horário: terça a sexta, das 10h às 18h; sábados e domingos, das 10h às 17h
Valor: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia entrada - estudantes com carteira, idosos, menores de 18 anos, portadores de necessidades especiais); gratuidade para menores de 5 e maiores de 80 anos.
Classificação: livre

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Feriadão Combina Com Cultura e Diversão CCPJ Rio Traz Visita Teatralizada com Ruy Barbosa e Deusa Têmis

Neste feriado prolongado, quem tiver curiosidade de conhecer o Corredor Cultural do Rio terá um motivo adicional para ir ao centro da cidade. O CCPJ Rio abre as portas para mais uma visita teatralizada, no sábado, 31/10, às 16h. Neste dia, o grande jurista brasileiro Ruy Barbosa e Têmis, a deusa grega das leis e dos juramentos, voltam a apresentar o antigo Palácio da Justiça e sua história ao público de uma forma lúdica e educativa.


As visitas teatralizadas fazem parte do programa Por Dentro do Palácio, promovido pelo Centro Cultural do Poder Judiciário do RJ. Os personagens-guia são interpretados pelos atores Eduardo Diaz e Dulce Penna de Miranda. O passeio é indicado para todas as idades, a entrada é gratuita e as senhas são distribuídas 15 minutos antes do início da visita, sempre às 16h, na entrada do Antigo Palácio da Justiça (Rua Dom Manuel, 29, Centro, Rio, RJ. Tels.: 21 3133-3366, 3133-3368).

Roteiro
No passeio, os visitantes têm a oportunidade de conhecer algumas das áreas nobres do Palácio e descobrir suas antigas funções, tais como: o Salão dos Passos Perdidos, o Tribunal Pleno, a Câmara Isolada e o I Tribunal do Júri. Além das áreas históricas, eles também têm a oportunidade de conhecer as instalações do Centro Cultural, como a Sala Multiuso, projetada para receber peças de teatro, recitais de música e projeções de vídeos construída onde era o calabouço do Antigo Palácio.

Serviço:
Dia 31/10, às 16h, Visita Teatralizada com Ruy Barbosa e Têmis
Antigo Palácio da Justiça (Rua Dom Manuel, 29, Centro, Rio, RJ. Tels.: 21 3133-3366, 3133-3368).
Entrada franca, com senhas distribuídas 15 minutos antes do início da visita, na entrada do Antigo Palácio)
Classificação etária: Livre
Duração: 50 minutos

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj 

  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs